COMO DAR REMÉDIO PARA CACHORRO? SAIBA AS MELHORES MANEIRAS

Aprenda a como dar remédio para cachorro da maneira mais fácil, sem que haja problemas ou complicações para o pet

Após a consulta com um veterinário, muitas vezes, acontece uma das coisas que mais causam ansiedade nos tutores: a administração de medicamentos ao nosso amado aumigo!

Dar as medicações prescritas aos cachorros pode ser uma tarefa um tanto desafiadora, principalmente porque muitos animais se recusam a tomar os remédios.

Assim, é preciso ter muito jogo de cintura e paciência para driblar os cães nessa hora Clínica Veterinária.

E para te ajudar nessa tarefa, fizemos uma lista sobre como dar remédio para cachorro para que seu bichinho tome todos os medicamentos sem problemas! Veja só.

Como dar remédio para cachorro da melhor maneira?
Os tutores de pets sabem o quanto eles podem ser resistentes à ingestão de remédios

Um drama parecido acontece quando os animaizinhos precisam tomar as tão importantes vacinas para cachorros, não é mesmo? Eles reclamam, choram, alguns rosnam…

Mas não tem jeito, os cachorros precisam aprender a tomar as medicações, sejam elas em comprimidos, cápsulas ou líquidas.

Aliás, alguns médicos aconselham que o dono acostume o pet a ter a boca manipulada já desde filhote. Isso pode ajudá-lo a aceitar mais facilmente as medicações ao longo da vida.

Assim, veja a seguir algumas das melhores formas de remédios para cachorro:

Medicamentos em comprimidos ou cápsulas
O primeiro fato a ser observado é se o cão está calmo. Caso ele esteja agitado, é indicado que o dono tente tranquilizá-lo um pouco.

Depois disso, ofereça o comprimido ao peludo. Se ele aceitar, ótimo! Mas caso rejeite, tente, então, as seguintes opções.

Aproveite as refeições
Está aí um momento em que os cachorros amam: a hora de comer! Então, aproveite a refeição e misture o comprido na ração.

Muitos cães devoram toda a comida e nem percebem a presença do remédio. Também facilita cortar o comprimido em pedaços menores, e oferecê-los em meio à ração.

Apenas é preciso ficar bem atento, pois alguns comprimidos não devem ser cortados, tendo uma camada protetora que é importante para o efeito do medicamento.

Desse modo, se nem assim ele aceitar a medicação. É válido tentar misturar em alimentos mais úmidos. Os patês são uma boa opção para isso.

Aposte nos petiscos
Hoje existem muitas opções de petiscos no mercado. Alguns são elaborados especialmente para auxiliar na administração de medicações aos animais de estimação.

Alguns desses agradinhos possuem uma textura mais pegajosa que grudam na cápsula, evitando que os pets consigam retirá-la do petisco.

Clínica Veterinária

Existem também outras opções mais maleáveis nos quais os tutores conseguem colocar os comprimidos dentro.

Vale lembrar que escolher os petiscos que o seu pet mais gosta é uma boa opção para administrar o medicamento mais facilmente.

Como dar remédios para os cachorros
Insira o remédio diretamente na boca do cachorro
Talvez esta não seja a opção mais agradável, pois alguns cães podem relutar um pouco. Mas geralmente funciona.

Para começar, abra a boca do cão e coloque o medicamento no meio de sua língua, quase na entrada da garganta.

Evite deixar o comprimido no início ou nas laterais da língua, pois o pet pode acabar cuspindo. Feche a boca do cão e aguarde até que ele engula.

Se o cão lamber o nariz, pronto! O remédio foi devidamente ingerido.

Medicamentos líquidos
Os remédios líquidos podem ser aplicados na lateral da boca do cachorro, mais precisamente entre os dentes e a gengiva.

Alguns tutores até mesmo utilizam seringas de plástico para injetar o medicamento líquido ou diluído dentro da boca do cãozinho.

Se o tutor escolher aplicar o xarope ou outro medicamento líquido sobre a língua, é preciso posicionar a ponta da seringa na abertura na boca, inclinando levemente o queixo do pet para cima. Isso ajudará o animal a engolir o remédio mais facilmente.

Mas atenção: não dê o líquido se ele se engasgar ou tossir!

Caso tenha dificuldades em realizar o procedimento, não hesite em pedir ajuda a um médico veterinário. Ele o ensinará como fazer sem causar estresse ou riscos à saúde e bem-estar do animal.

Desse modo, é comum que as medicações líquidas tenham um gosto mais agradável, o que faz com que o bichinho aceite melhor tomar o remédio.

Mas nem todos são assim. Então, neste último caso, é válido oferecer o medicamento misturado com a ração úmida ou algum outro alimento que o cachorro goste.

Outras dicas valiosas
Ainda sente insegurança em fazer o pet ingerir os medicamentos? Não tem problema!

Fique calmo, pois daremos mais algumas dicas importantes para te ajudar nessa missão! Veja abaixo:

Em animais mais agressivos, evite colocar a mão diretamente na boca no cachorro.
É muito importante ter a consciência que nenhum remédio deve ser dado a um animal sem que uma clínica veterinária tenha sido consultado antes. O organismo dos pets é diferente do nosso! Então, é essencial entender os perigos de dar qualquer remédio para o cachorro.
Jamais abra as cápsulas para diluir seu conteúdo ou colocá-lo diretamente na boca do animal. As cápsulas precisam de seu revestimento, pois, sem ele, o efeito da medicação pode ser nulo. Não tem como saber se comprimido esfarelado foi totalmente engolido pelo pet, e isso pode significar uma dose menor do que aquela que foi prescrita.
Alguns tutores têm o hábito de oferecer medicação aos seus pets em um pedaço de pão com manteiga, salsicha… Isso não é indicado, já que contêm muita gordura, sal, conservantes e condimentos que não são recomendados para bichos. Mas se o pet realmente rejeitar todas as opções e não restar nenhuma alternativa, use essa opção com cautela, em pequena quantidade.
Gostou do nosso conteúdo sobre como dar remédio para cachorro?

Com essas dicas, com certeza ficará mais fácil administrar as doses de medicamentos necessárias para o seu cãozinho ficar bem!